Jaraguá produz até 2 mi de peças jeans por mês

Read More

Ao todo são 600 empresas ligadas ao ramo têxtil, responsáveis por reduzir a taxa de desemprego a 5%.Com 36 mil habitantes, Jaraguá é conhecida como a Capital do jeans em Goiás. Também considerada um dos sete polos confeccionistas do Estado, a produção mensal do município supera 2 milhões de peças, entre calças, jaquetas e saias.

O setor é a principal atividade econômica local e influencia outros segmentos, como a oferta de empregos. Ao todo são 600 empresas ligadas ao ramo têxtil, responsáveis por reduzir a taxa de desemprego a 5%.

Empregos
O crescimento na oferta de trabalho foi um dos resultados do Arranjo Produtivo Local (APL), criado pelo setor produtivo com o apoio do Sebrae, em 2004. O APL foi resultado da iniciativa de um empresário que percebeu o potencial do município com relação ao jeans. Ele transformou a lavanderia que atendia apenas a uma empresa na cidade em uma lavanderia comum a várias confecções.

Só para lavar roupa são dez máquinas iguais a essa. Por aqui passam por mês mais de 60 toneladas de tecido. O jeans chega na cor original e depois de lavado ganha inúmeras tonalidades”, conta o gerente da lavanderia, José Pereira Campos.

Além da lavagem, o Arranjo passou a investir em outros serviços relacionados ao tratamento do jeans, como o lixamento manual. Campos conta que essa mistura na preparação do tecido destacou Jaraguá, que “já é conhecida nacionalmente e até se cogita ser transformada em um polo exportador.”

Reconhecimento
Como resultado da qualidade do tecido e da concentração de serviços no tratamento do jeans, o Sebrae, em parceria com o Ministério da Integração Nacional, criou em 2006 o selo Pequi Brasil. O objetivo do prêmio é fortalecer a identidade local, levando o nome de Jaraguá para o dentro e fora do País.

Outro resultado positivo do APL na cidade é a união do setor para investimentos na infraestrutura do município. Juntos, os empresários investiram em uma estação de tratamento de água, em que os resíduos industriais ficam num tanque e a água limpa é reaproveitada nas lavanderias. Com a reutilização da água, algumas lavanderias chegam a economizar até R$ 5 mil.

Fonte: Pequenas Empresas, Grandes Negócios e GOFASHION. Foto: Thiago Jesus

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *