Pocket Show: Cambriana

Luis Calil, de Goiânia, começou a compor o álbum de estreia da banda Cambriana, House of Tolerance, no final de 2010, trancafiado em seu quarto e trabalhando obsessivamente. Em março de 2011, convidou o amigo Wanderson Meireles, de Brasília, para contribuir no processo, e o trabalho continuou via internet, à longa distância.

Em setembro de 2011, Rafael Morihisa e Israel Santiago, dois guitarristas que já haviam tocado com Luis, também se uniram ao projeto para a gravação das faixas recém terminadas. Embora a maior parte da gravação tenha sido feita em casa, no equipamento dos próprios integrantes (com exceção dos vocais, violões, violinos e banjo, que foram gravados em estúdio), a qualidade do áudio nunca foi posta em segundo plano. Com o trabalho finalizado no início de Janeiro, a banda lançou o seu primeiro single, “The Sad Facts”, que teve uma recepção extremamente positiva e rapidamente alcançou milhares de ouvintes. No final do mês, House of Tolerance foi disponibilizado para download gratuito, e o seu lançamento foi coberto por diversos blogs de música do país, como Move That Jukebox, Rock ‘n’ Beats, 505 Indie, entre outros. O trabalho da banda foi comparado ao de grupos alternativos como Grizzly Bear, Radiohead e The National.

A formação da banda se completou com a entrada de Wassily Brasil no teclado (e que também toca com Diego de Moraes), Pedro Falcão no baixo e Heloísa Cassimiro na bateria (ambos da experiente banda Fantoches Anônimos). Agora o grupo planeja tocar durante todo o ano de 2012, executando com precisão e energia as canções do disco.

разработка и обслуживание сайтовраскрутка сайта под поисковикидать рекламу сайта